Em carta, Record diz que não sacrificará “programação família” pela Olimpíada

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Em uma carta divulgada nesta segunda-feira, a Rede Record se compromete a levar ao público da TV aberta brasileira uma cobertura completa da Olimpíada. No entanto, no mesmo comunicado, a emissora faz a ressalva de que não sacrificará a identidade de sua programação convencional, voltada para a diversão da família.

“Somos uma emissora que oferece uma grade de programação completa. Temos jornalismo, entretenimento, dramaturgia e também esportes. Ao contrario de uma emissora segmentada em esportes, nós temos o compromisso com nosso público e patrocinadores de oferecer uma opção completa de entretenimento para toda a família”, manifesta a Record, detentora dos direitos de transmissão da Olimpíada para a TV aberta brasileira.

“Queremos passar a emoção dos Jogos, mas vamos manter a nossa programação. Jornais, novelas e shows de entretenimento vão conviver com as disputas do maior evento esportivo do mundo. Horários e a duração de nossas atrações serão ajustados com os momentos marcantes do esporte. O nosso telespectador não vai deixar de ver e rever as mais importantes disputas esportivas de Londres 2012. Nossos patrocinadores também vão ter seus espaços de exibição garantidos”, endossa, em outro trecho da carta aberta a telespectadores e anunciantes.

A emissora ainda informa que irá procurar transmitir os brasileiros em ação nos horários de maior audiência da televisão nacional. Mas, se estiver exibindo alguma outra atração em horário de atleta do país competindo, a Record diz que recupera o registro da competição em instante posterior na grade:

“Vamos recuperar para o nosso telespectador os mais belos e emocionantes momentos dos nossos esportistas”.

A estreia da Olimpíada na tela da Record acontece no dia 25 de julho, às 14h30 (de Brasília), antes mesmo da cerimônia de abertura, com a transmissão da partida entre Brasil e Camarões no futebol feminino.

Do UOL Esporte Vê TV | Imagem: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário

leia também