Saiba como será o novo programa de Pedro Bial na Globo

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Novo programa de Pedro Bial tratará de temas contemporâneos relacionados com a moral da sociedade brasileira

Apresentador do Big Brother Brasil desde a primeira edição, Pedro Bial (54) agora terá outro programa próprio. A nova atração semanal será Na Moral e trará temas contemporâneos para serem discutidos através de diversos estilos, como reportagem e dramatização.

“Não vai ser um talk show, pelo menos na concepção básica do talk show. Se fosse para me encaixar em um gênero de programa, seria no que se dizia antigamente em um programa de debates, só que é careta, parece coisa velha. Então a gente não usa essa expressão. Mas a gente vai debater nesse programa questões a cerca da moral”, afirmou ele em entrevista ao site oficial da Rede Globo.

Ainda sobre a estrutura do programa, Bial revela que quer contar histórias de vida com experiências e não somente opiniões. “Nessa tradição que a gente está tentando retomar, faziam muito sucesso os programas de debate. Só que a gente já vive em uma sociedade em que todo mundo já tem tantos canais para dar a sua opinião que a gente não quer isso. Mas a gente quer testemunhos, que as pessoas tenham vivido, sofrido esse assunto, que tenha a autoridade de alguém que passou por aquilo”, comentou.

O jornalista revelou que os temas abordados na atração serão em relação ao modo que a sociedade brasileira está atualmente. “Sem grandes pretensões, a gente quer refletir, discutir e conversar sobre a moral brasileira, que é tão contraditória, tão divertida às vezes e outras vezes nem tão divertida. Às vezes somos um país moralista, no sentido de procurar uma postura ética e moral, em outras vezes somos tão imorais em esfera pública e privada. E principalmente, a gente não sabe direito e é natural que a gente não saiba o que é certo e o que é errado. A moral, por natureza, muda de acordo com a geografia e o tempo. A moral de hoje não é igual a moral de cem anos atrás”, disse.

Do UOL Caras | Imagem: Roberto Teixeira / AgNews

0 comentários:

Postar um comentário

leia também