Ex-BBB expulso da casa por suspeita de estupro vai processar Globo

domingo, 10 de junho de 2012

O ex-BBB Daniel Echaniz está colocando a Globo no paredão.

O modelo entrou com uma ação requerendo sua rescisão contratual com a emissora, a fim de ingressar com outro processo, ainda maior, pedindo indenização por danos morais e materiais.

Daniel, que tem contrato com o canal até julho, não conseguiu se desligar ainda da Globo. Teve seu pedido indeferido pela Justiça. Ingressará nos próximos dias com uma ação contra a rede, a fim de ser ressarcido dos prejuízos causados por sua expulsão do reality show.

Modelo profissional, Daniel ficou apenas cinco dias no "BBB 12". Foi expulso após ser acusado de crime sexual envolvendo a participante Monique. Após inquérito policial, acabou inocentado. Sem contrato, poderá começar a lavar a roupa suja.

"Daniel irá a todos os canais contar como foi injustiçado e prejudicado", diz a advogada do modelo, Elizeth Alvim.

A advogada diz que a Globo tentou um acordo com o ex-"BBB" até o último o momento. A rede afirma que ofereceu uma prorrogação de contrato, mas Daniel não aceitou. "Era irrisório perto do prejuízo", fala a Elizeth, sem revelar valores.

O valor da causa será calculado por um contador judicial. A Folha apurou que deve ficar em torno de R$ 20 milhões.

Do F5 | Imagem: TV Globo

0 comentários:

Postar um comentário

leia também