“Não achava que ele seria doido de trair no Troca de Família”

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

A escritora e cantora Clara Averbuck, 31 anos, só queria ganhar um dinheiro (cada família recebe R$ 25 mil brutos) e divulgar sua banda, a Clara Averbuck e The Oneyedcats, quando se inscreveu no Troca de Família, reality show cuja quarta temporada será exibida a partir de hoje, (8), pela Record.

Durante uma semana, Clara trocou de lugar com Daniela Alves de Souza Soares, casada com um marinheiro inglês, Jason McMullan, ambos moradores de Arraial D'Ajuda, em Porto Seguro (Bahia).

Daniela, por sua vez, passou uma semana em São Paulo com a filha e o marido de Clara, o músico Reginaldo Lincoln, baixista da banda Vanguart.

O episódio, a ser exibido hoje e quinta-feira, foi gravado há quase um ano, em março de 2010. Os casais já foram desfeitos. Clara e Reginaldo se separaram em setembro. Há dois meses, segundo Clara, Reginaldo lhe contou que a traiu durante as gravações do Troca de Família. A separação frisa ela, não teve nada a ver com o programa.

Ao blog, Reginaldo negou ter tido qualquer contato mais íntimo com Daniela. Daniela também nega as acusações. "Ela está querendo mídia, aparecer", disse.

Segundo Johnny Martins, diretor do reality show, o programa não deixará explícito se houve algum envolvimento mais forte entre Reginaldo e Daniela, mas os telespectadores irão perceber, sim, que algo aconteceu.

Clara Averbuck, que atualmente faz críticas bem-humoradas de Big Brother Brasil no Tricô dos Brodee, no R7, decidiu se antecipar. Na semana passada, revelou a seus seguidores no Twitter que fora traída em sua experiência "antropológica" em um reality show.

Do Blog Daniel Castro, R7 | Imagem: Internet

0 comentários:

Postar um comentário

leia também