Gafe de novela gera protestos em Mato Grosso do Sul

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Um erro geográfico do roteiro de Insensato Coração provocou protestos no Estado do Mato Grosso do Sul. Um deputado estadual pediu ao governo que boicote a TV Globo. A agência local de turismo exigiu retratação aos autores da novela. A discussão sobre a mudança de nome do Estado, de Mato Grosso do Sul para Pantanal, para não haver mais confusão com Mato Grosso, voltou à tona.

Tudo porque, no capítulo da última sexta-feira, ficou subentendido que a cidade de Bonito ficaria no Estado do Mato Grosso, e não em Mato Grosso do Sul.

A rigor, o texto de Gilberto Braga e Ricardo Linhares não afirma que Bonito se localiza em Mato Grosso. Apenas sugere. Em uma refeição com a família, o piloto Pedro (Eriberto Leão) anuncia que irá fazer uma viagem ao Mato Grosso, para levar uma carga a um fazendeiro.

Em outra cena, Pedro diz ao irmão, Léo (Gabriel Braga Nunes), que pretende viajar com Luciana (Fernanda Machado), para passar uma noite em um hotel fazenda de Bonito.

Os diálogos da novela tiveram repercussão na política ao longo desta semana. Na terça, a diretora-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Nilde Brun, enviou uma mensagem a Gilberto Braga pedindo “reparações”.

“Cientes do poder propagador da novela, pedimos que sejam feitas possíveis reparações, pois a cidade de Bonito está situada em Mato Grosso do Sul, e não em Mato Grosso, como deu a entender no diálogo. Essa informação equivocada gera prejuízos ao Estado e aos turistas que, mal informados, vão procurar a cidade de Bonito no Estado de Mato Grosso”, afirmou Nilde Brun na carta.

No Twitter, onde a gafe foi um dos assuntos locais mais comentados, o deputado estadual Paulo Duarte (PT) radicalizou:

"O governo do Estado tem uma maneira ótima de protestar contra a ignorância e falta de respeito da Globo com o nome do MS. Se o governo do Estado quiser protestar mesmo, é só cortar a verba publicitária destinada à rede de TV!!", escreveu o parlamentar no microblog.

Informação será corrigida

As autoridades sul-mato-grossenses, no entanto, não terão que entrar em guerra com a maior rede de TV do país. Coautor de Insensato Coração, Ricardo Linhares reconhece o erro e afirma que ele será corrigido "assim que possível". "Eu sou antigo, do tempo em que só existia um Mato Grosso", desculpa-se o dramaturgo.

Do blog de Daniel CastroR7 | Imagem: Internet

1 comentários:

Anônimo disse...

besteira, é melhor se preocupar em ajudar as vítimas da enchente do que ficar discutindo coisas de pouca relevância. Já tem novela demais e o povo fica cada vez mais burro vendo a manipulação que a mídia( rede globo e companhia) faz. Os salários dos parlamentares aumentaram e o da nova presidente aumentou em 132%. Isso a mídia não quer mostrar. Deixem de discutir porcaria, ajudem quem está precisando. Globo, tv milionária, filha da ditadura, atraso do brasil. Lamentável.

Postar um comentário

leia também